terça-feira, 2 de novembro de 2010

Fato ou Mito: deixar o Bluetooth ligado gasta mais bateria?

O Bluetooth é uma mão na roda para ligar dispositivos sem fio no seu celular. Eu uso para sincronizar os dados do meu smartphone com o notebook, pois evita o uso de fios que acabam ocupando espaço demais na mochila. Mas uma dúvida que muita gente tem: ele realmente gasta energia quando não está em uso? Isso é fato ou mito?

Sim, é FATO!

O Bluetooth foi pensado para ser uma tecnologia que trabalha melhor o consumo de energia e está em constante desenvolvimento pelas empresas que fazem parte do grupo que o apóia.  Mesmo com essas características, quando você deixa o Bluetooth ligado ainda há um gasto de energia por conta da busca do sinal do aparelho.

Vou explicar melhor. Em alguns aparelhos o Bluetooth fica ativado como “sempre visível”, para facilitar a localização de dispositivos compatíveis. Só que quando não há nenhum aparelho conectado, o celular busca o sinal de outros aparelhos Bluetooth de tempos em tempos. É àquela hora em que a luzinha azul pisca no seu aparelho (ou outro indicador que seu aparelho tenha). Como esse sinal é emitido com uma freqüência muito grande, o consumo de energia do celular fica comprometido.

O engraçado é que muita gente anda com o Bluetooth ligado nas ruas sem precisar. Fiz um teste com o meu celular e achei uns 5 aparelhos ao meu redor numa cafeteria da Avenida Paulista. Isso também pode ser um risco, pois alguém pode se conectar ao seu aparelho e enviar conteúdos sem sua permissão.

O ideal é ligar o sinal do Bluetooth apenas quando você for precisar dele. Para mantê-lo desligado quando não estiver em uso, veja no manual do seu aparelho como desativar o sinal.


Fonte: Claro blog