domingo, 5 de setembro de 2010

Ubuntu Maverick Meerkat 10.10 BETA para Linux

Com o nome de Maverick Meerkat - que pode ser traduzido livremente para o português como “Suricado Desgarrado” -, a versão 10.10 da mais conhecida distribuição Linux do mundo traz novidades que complementam as alterações iniciadas na versão 10.04 LTS.
Satisfeita coma  “limpeza” realizada na atual versão estável - o Lucid Lynx -, a Canonical resolveu levar adiante o processo de aprimoramento da experiência do usuário Ubuntu. Para isso, além de atualizar as APIs do GNOME, o novo Ubuntu vem com um novo aplicativo e melhorias em vários outros componentes do pacote.
Porém, a grande vantagem do Maverick Meerkat sobre o Lucid Lynx é a renovação do Ubuntu One. O serviço de armazenagem  online da Canonical recebeu novas funcionalidades e visual mais moderno, tornando-se assim uma excelente opção para o usuário que utiliza mais de um computador Ubuntu.

Só pode haver um
Ubuntu OneO Ubuntu One é, de certa forma, o competidor de código livre de serviços como o Dropbox e o ZumoDrive. Através dele é possível realizar backups online, transferências e compartilhamento de arquivos e uma infinidade de outras pequenas tarefas que facilitam a vida do usuário Ubuntu. Configurações, dados pessoais, e até mesmo compras na Music Store da distribuição da Canonical podem ser mantidas facilmente no serviço.
No Maverick Meerkat, o Ubuntu responde a uma das principais críticas ao funcionamento do Ubuntu One e passa a utilizar um login único para todos os seus serviços. Além disso, a interface do Ubuntu One também sofreu alterações, e está muito mais bonita e funcional.
De carona
Outro serviço do Ubuntu que recebeu intervenções plásticas foi a Central de Software. Agora a maneira mais fácil de encontrar e instalar aplicativos no seu computador com a distro da Canonical é mais simples de utilizar, e conta também com categorias de Novidades e Recomendados, facilitando a divulgação dos aplicativos favoritos dos usuários.
Ubuntu Software Center
Fonte: LifeHacker
Além dessas novas categorias, agora também ficou mais fácil extender as funcionalidades dos aplicativos já instalados através da função "Escolher add-ons". Com esta novidade, extensões e plugins de diversos programas estarão acessíveis a partir da Central de Software do Ubuntu.
A maior mudança na Central de Software, entretanto, foi a inclusão de uma categoria um tanto inesperada em um sistema de código livre como o Linux. Agora, no diretório do Ubuntu existe uma divisão de softwares “Para Compra”. Nessa área aplicativos comerciais que rodam no sistema gratuito serão listados e podem ser baixados em regime de teste, para posterior compra pelo usuário.
Organização de mídia
Outra novidade surpreendente no Maverick Meerkat é a troca do gerenciador de fotos F-Spot para o Shotwell. O novo aplicativo de gestão de imagens do Ubuntu permite a importação de bibliotecas do F-Spot, o que facilitará bastante a vida de quem decidir trocar de aplicativo para suas fotos digitais.
Shotwell
Fonte: Shotwell
Para os fotógrafos um pouco mais avançados, o Shotwell apresenta suporte para imagens em RAW, além de JPG e PNG. GIF, TIFF e outros formatos como o BMP ainda não são reconhecidos pelo aplicativo.
Velhos conhecidos
Além de todas as novidades, a versão 10.10 do Ubuntu também utiliza alguns velhos conhecidos dos usuários da distribuição Linux da Canonical, atualizados com melhorias de desempenho ou de segurança.
Desktop Ubuntu Maverick Meerkat 10.10
Fonte: LifeHacker
O Gwibber, cliente de redes sociais padrão do Gnome, por exemplo, agora atende ao método OAuth de autorizações do Twitter, além de trazer novidades de armazenagem para melhorar a velocidade do aplicativo. Da mesma forma, o cliente de email Evolution também tem novidades, porém apenas por trás dos panos. Apesar de manter o mesmo visual das versões anteriores, no Maverick Meerkat o aplicativo ganha ainda mais velocidade graças à nova atualização.
Bem tocado
Indicador de música do RythmboxUma das alterações mais discretas e com maior potencial de agradar a gregos e troianos é a atualização do controlador de som do Ubuntu 10.10. A partir do Maverick Meerkat o ícone de gerenciamento de som na barra superior do Ubuntu também conta com controles de reprodução de mídia. Dessa forma, não é mais necessário alterar a janela ativa para pausar ou pular uma música. O aplicativo utilizado como padrão para reprodução de música ainda é o Rythmbox.
Muitos toques
Gestos suportados pelo Ubuntu 10.10
Fonte: WebUpd8
Outra novidade interessante, útil principalmente para donos de notebooks que resolvam utilizar o Maverick Meerkat, é o suporte nativo para “multitouch”. Tablets e trackpads passarão a entender e reagir a gestos, ajudando a controlar o sistema com rapidez e facilidade.

tirado do site baixaki veja seu download clicando aqui