segunda-feira, 1 de março de 2010

Mulheres não gostam do celular do Google (e a Palm está indo pro buraco)

Tecnologia não é mais 'coisa de homem' - faz tempo que as mulheres se ligam em gadgets. Mas nos celulares com o sistema operacional do Google, ainda não: segundo uma pesquisa recém-divulgada nos EUA, apenas 27% dos usuários de Android são mulheres. Muito aquém do iPhone (que tem 43% de mulheres) e do iPod Touch (46%). Isso acontece porque o Android é mais focado nos hard users, fanáticos por tecnologia, que geralmente são homens? Pode ser. Mas o Palm Pre, que também não é exatamente mainstream, tem 42% de usuários mulheres. Por que, afinal, o celular do Google não pega entre elas?

O estudo também traz outros números interessantes. O iPod Touch tem menos funções do que o iPhone, mas seus usuários baixam muito mais aplicativos - em média 12,1 por mês, contra 8,7 no iPhone. Talvez porque sejam mais jovens: 65% dos donos de Touch são 'de menor'. Faz sentido. Só estranhei a insatisfação com o Palm Pre. Apenas 69% dos usuários de Pre recomendariam o aparelho aos amigos (contra mais de 90% dos outros smartphones). Por que? Seja como for, a coisa anda feia para a Palm - cujas ações despencaram 16% ontem por causa das fracas vendas do Pre. Triste.

Fonte: Super Abril