terça-feira, 8 de setembro de 2009

Linux se propagando pelos governos Municipais, Estaduais e Federal

A câmara dos vereadores de Guarulhos aprovou
em 1ª discussão um projeto que obriga
a utilização de software Livre
em computadores dos órgãos públicos do poder Executivo.
A economia no Executivo após a aprovação final,
será de R$ 22 Milhões em
licenças de software proprietários.

(fonte: Ricardo Filho, Diario de Guarulhos,04 de setembro de 2009).

Não consegui mais informações, por exemplo, quais softwares sarão usados
Se isso abrange o sistema operacional, etc...

Iniciativas como esta, estão se espalhando pelo Brasil.
Varias outras cidades já adotam essa politica,além do incentivo do governo Federal.

Guarulhos é a 2ª maior cidade do Estado de São Paulo, a 12ª mais populosa do Brasil,
10ª cidade mais rica do Brasil, em 2007,
com um Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de 21,6 bilhões de reais,
Taxa de Alfabetização em 98,90%,
além de ser uma das principais entradas de estrangeiros no país
(Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos).

Guarulhos está em processo para se tornar um grande polo tecnológico,
para abrigar todo tipo de empresa voltada a informática/tecnologia.
Uma atitude como esta mostra que há luz no fim do tunel e que,
muitos podem ganhar e se desenvolver mesmo o software sendo "livre".


Outro exemplo:

O Brasil passa a usar o linux como sistema operacional das urnas eletronicas.
Com isso um novo sistema de votação esta sendo testado me algumas cidades, onde
o eleitor tem um registro digital
(banco de dados com informações acessadas via biometria).

Mais um:

Não sei direito, mas me recordo ( alguem me corriga),
o governo da Bahia possui sua propria distribuição Linux,
e adotou as extensões .odt (OpenOffice / BrOffice) como padrão.